pretty-hurts
Não peço que me leve aos cantos bonitos, caros e cheios de palavras bonitas inglesas. Não te peço horrores, nem te peço flores. Só te peço que me aceites. Que me leves, que me tires do que me pesa. Não peço demais, nem de menos, só peço que me segures a mão e não me peça mudanças. Autor Desconhecido

home archive
about me
tumblr
ask
meus

(Source: relush)


Postado em 3/8/2014 às 15:37 | 272,233 notes (Reblog this!)

(Source: worenou)


Postado em 3/8/2014 às 15:35 | 580 notes (Reblog this!)

(Source: mal-educado)


Postado em 3/8/2014 às 15:35 | 5,820 notes (Reblog this!)

Postado em 3/8/2014 às 15:34 | 1,200 notes (Reblog this!)
"O amor, quando acaba, parece que ele nunca existiu. Você olha pra pessoa, assim, na sua frente. E aí você fala “Pô, eu quase me matei por uma porcaria dessa aí?"

Cazuza.   (via indague)

(Source: des-centralizar)


Postado em 3/8/2014 às 15:34 | 82,409 notes (Reblog this!)
"Qual é o nome da sua saudade?"

Transcurar.  (via odeiorotulos)

(Source: transcurar)


Postado em 3/8/2014 às 15:33 | 15,203 notes (Reblog this!)

(Source: p3rseu)


Postado em 3/8/2014 às 15:33 | 3,421 notes (Reblog this!)

(Source: truae)


Postado em 3/8/2014 às 15:33 | 321,250 notes (Reblog this!)
"Vou andando até em casa. Eu preciso pensar. Na verdade, eu preciso não pensar. Tenho medo de descobrir coisas que não quero. Mas não tem jeito, sempre quando eu acabo vindo, no dia seguinte eu me sinto flácida, murcha, vazia, embrulhada e guardada numa gaveta."

Gabito Nunes. (via versocitei)

(Source: t-a-q-u-i-c-a-r-d-i-a)


Postado em 3/8/2014 às 15:32 | 14,493 notes (Reblog this!)
»